Início Rio Moradores da Vila da Penha quebram agência da Caixa em protesto

Moradores da Vila da Penha quebram agência da Caixa em protesto

A confusão aconteceu no Largo do Bicão, após fecharem a agência.

8

Em protesto a falta de organização para o recebimento do auxílio emergencial, moradores da Vila da Penha, bairro da Zona Norte do Rio, estão quebrando uma agência da Caixa Econômica Federal, no Largo do Bicão. A confusão aconteceu apoia a agência fechar e deixar os beneficiários revoltados.

Foto: Allan da Cruz/Hora Prime

O saque do auxílio emergencial começou a ser liberado no início desta semana e tem gerado confusão, filas e aglomerações em várias agências bancárias do estado. As pessoas reclamam principalmente da falta de organização e informações precisas.

8 COMENTÁRIOS

  1. Passei o dia inteiro na de Vila isabel, cheguei as 8 da manhã só recebi as 17 da tarde, vergonha esse sistema, pegar 3 senhas pra sacar 600 reais .

  2. O povo demorou pra começar a fazer isso! É inacreditável a dificuldade que estão impondo pra pagarem míseros R$ 600 pra quem tem fome. Tem que fazer mais pra ver se aprendem!

  3. A agência fechou pelo motivo de uma funcionária ter contraído Corona vírus. É compreensível o sofrimento da população, mas o quebra quebra não justifica e nem resolve o problema.

  4. É realmente complicado, no Brasil, muitas pessoas, não exercem cidadania, não mantém documentos em ordem, apenas vivem ou sobrevivem, com documentos, vendidos, invalidados, deixam de votar, deixam de regularizar; CPF, RG, IR, Serviço Militar, entre outras obrigações, aí vem uma necessidade inesperada de ter os documentos regulares, e não estão regulares, logo, estão na ilegalidade, o que dificulta a liberação dos auxílios aos cidadãos, pois, não estão regularizados como cidadãos…mas todos querem ter o direito ao mesmo tempo, sem resolver as pendências e sem saber como resolvê-las…

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui