Início Botafogo Montenegro critica postura de dirigentes de Flamengo e Vasco: “homicidas ou não...

Montenegro critica postura de dirigentes de Flamengo e Vasco: “homicidas ou não regulam bem”

Ex-presidente alvinegro é contra o retorno do futebol brasileiro nesse momento.

0

Em entrevistas ao site Globoesporte concedida na última terça-feira (19), Augusto Montenegro, ex-presidente e membro do comitê gestor de futebol do Botafogo, teceu críticas pesadas aos presidentes de Flamengo e Vasco, Rodolfo Landin e Rodrigo Campello, respectivamente. A dupla esteve em Brasília buscando o apoio do presidente Jair Bolsonaro para o retorno do futebol brasileiro e respaldo para retomarem suas atividades na Capital Federal.

Não é a primeira vez que Montenegro se manifesta contra a atitude dos rivais. Não só ele, mas como toda a diretoria do Botafogo, são contra o retorno do futebol num momento em que os casos e mortes por Covid-19 no Brasil não param de crescer. Recentemente, os clubes que disputam a Série A do Campeonato Carioca enviaram um documento para a FERJ pedindo que a competição voltasse o mais rápido possível. A nota contava com a assinatura de todos os representantes dos times, menos as de Botafogo e Fluminense.

“Não tem justificativa para a volta do futebol. Estamos com um problema sério principalmente no Rio de Janeiro. No Brasil, estamos chegando perto de 1 mil pessoas (mortas) por dia. Todos os hospitais com problema. Não sei se as pessoas estão sendo irresponsáveis, homicidas ou se não estão regulando bem. O futebol não é atividade essencial” – disse o ex-presidente do Glorioso.

“Os clubes têm que ser grandes dentro e fora de campo. É uma atitude de time pequenininho. Eles podem se tornar homicidas forçando uma barra dessas. Quem vai se responsabilizar se um atleta ou um funcionário passar para um membro da família, alguém em casa? Que protocolo é esse? As pessoas vêm treinar e, quando voltam, podem estar contaminadas” – completou Montenegro.

Caso as competições retornem nos próximos dias, Montenegro fez questão de crivar que o Botafogo não participará:

“Já conversei com o Nelson (Mufarrej, presidente) e com todos. A posição do Botafogo é de não jogar. Acho que a posição de Flamengo e Vasco é fazer um Carioca só com eles dois, uma Copa do Brasil só com eles dois e um Campeonato Brasileiro só com eles dois” – completou

Nesta quarta-feira (20) haverá mais uma reunião entre os mandatários de Flamengo, Vasco, Bolsonaro e o governador de Brasília, Ibanes Rocha. Eles tratarão da possibilidade dos clubes cariocas realizarem seus treinos no estádio Mané Garrincha.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui