Início Botafogo Benevenuto relembra caso de racismo de ex-atacante vascaíno

Benevenuto relembra caso de racismo de ex-atacante vascaíno

Zagueiro contou em live que sofreu ofensas racistas de Maxi López, num jogo do Campeonato Carioca do ano passado.

0

Destaque do Botafogo na temporada 2020, Marcelo Benevenuto participou de uma live com o jornalista e botafoguense Thiago Franklin, no seu canal no Youtube, Canal do TF, na última segunda-feira (1). Entre vários assuntos e um papo muito descontraído, o zagueiro alvinegro relembrou um triste episódio que ocorreu no ano passado, quando enfrentava o Vasco, em jogo válido pelo Campeonato Carioca, no Estádio Nilton Santos. O ex-atacante Cruzmaltino Maxi Lopez o dirigiu ofensas racistas, chamando o jogador de “preto de merda”:

Se aquele jogo não acaba eu ia ser expulso. Se tivesse a oportunidade de jogar contra ele de novo… Eu estava marcando ele, colado, junto, sem bater, normal. Aí ele ficou me xingando: “Preto de merda, preto de merda”. Respirei fundo, estava me controlando. Fiquei pensando que se tivesse outro jogo contra o Vasco e ele estivesse lá, eu seria expulso. Fiquei doido com ele.” – contou a joia de General Severiano.

Marcelo ainda disse que o argentino foi o jogador que mais odiou ter enfrentado em sua curta carreira, até então. E que no momento preferiu ficar calado porque esperava reencontrar Maxi López em campo outra vez:

Não falei nada porque queria encontrar ele em um próximo jogo contra eles, mas não aconteceu. Único cara escroto que joguei contra foi ele. Fiquei doido com ele, mas acabou que não fiz nada. Nem tinha falado nada com ninguém. Tentei ignorar, mas fiquei remoendo isso em casa por um tempão. Fiquei esperando jogar contra ele, mas ele saiu do Vasco.” – finalizou Marcelo.

Confira a entrevista completa:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui