Início Entretenimento A grandeza de “The Last Dance”

A grandeza de “The Last Dance”

Série-documentário da Netflix conta a trajetória do Chicago Bulls na temporada 1997/98.

0

“The Last Dance” (“Arremesso Final”, na versão brasileira), é uma série-documentário da Netflix que conta a trajetória do Chicago Bulls na temporada de 1997/1998 na NBA. A cada segunda-feira, o serviço de streaming lança dois episódios da trama, totalizando, até então, oito capítulos.

Além de contar, com imagens e depoimentos exclusivos, o desfecho da trajetória de um dos maiores times da liga de basquete norte-americana, “The Last Dance” passa pela história de alguns personagens daquela fantástica equipe, como o polêmico Dennis Rodman, o craque Scott Pippen, o técnico vencedor Phil Jackson e o maior jogador do esporte de todos os tempos: Michael Jordan.

A relevância das imagens

Na década de 1990, a distância entre ídolos e fãs era bem maior do que as dos dias de hoje. Apesar do advento das TVs por assinatura e do surgimento de vários canais voltados para a cobertura esportiva, o contato com os atletas se dava apenas quando eles estavam em quadra ou se disponibilizavam a participar de entrevistas. Não havia smartphones, Instagram, Youtube ou nada desses aparatos que nos aproximam das nossas personalidades preferidas.

“The Last Dance” traz o que nenhuma torcedor da época imaginaria ver um dia: imagens exclusivas de treinos, vestiários, bastidores das principais vitórias e das mais doídas derrotas do Chicago Bulls. Essas cenas ficaram guardadas por anos, até que a Netflix, em parceria com a ESPN americana, tiveram a brilhante ideia de trazê-las à tona. Ainda há também os depoimentos dos jogadores.

Divulgação

Trazendo a situação para o Brasil, adaptando-a para o futebol – esporte preferido na região, mas que carece de imagens da sua época mais gloriosa -, seria como fazer uma série sobre o Santos de Pelé, o Botafogo de Garrincha ou o Flamengo de 1981. É algo fantástico só de imaginar, mas impossível de por em prática devido a limitação do nosso acervo.

Michael Jordan

Michael Jeffrey Jordan é o maior jogador de basquete de todos os tempos e, tido por muitos americanos, como o maior atleta do século. O homem ganhou seis títulos da NBA pelo Bulls, foi MVP por diversas temporadas, ganhou Olimpíadas, enfim, a verdadeira besta enjaulada que só vence, vence, vence e vence!

Reprodução – Internet

Toda essa trajetória gloriosa é contada em “The Last Dance”. Porém, a série envereda por outros capítulos tristes e até mesmo polêmicos da vida de Jordan. São retratadas a morte trágica do seu pai, a sua saída do basquete para o basebol e até a polêmica política em que se envolveu, ao negar apoio ao candidato afro-americano Harvey Gantt, que concorria ao senado.

Por trás do mito, há um homem, e “The Last Dance” faz questão de mostrar as fraquezas e os calos de Michael Jordan.

Mas eu não gosto de basquete…

Isso não é impeditivo para assistir à série. “The Last Dance” é, acima de tudo, uma série sobre provações, vitórias, derrotas e superação. Algo que nós, brasileiros, estamos acostumados a superar todos os dias, como nesse momento de pandemia. Há relatos de atletas que saíram de uma realidade criminosa e, através do esporte, conseguiram mudar suas vidas e de suas famílias.

Não falta emoção e melhora a cada episódio! Portanto, se for assistir, o faça com moderação, degustando cada capítulo, cada jogada. E, principalmente, divirta-se!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui